quinta-feira, 30 de julho de 2009

o fim .

foi assim, como imaginei
foi só eu e ela
tudo dela me atraia,
ela era como a luz
a saida de algum lugar escuro
e assim foi o inicio do que parecia ser bom
eu ainda não tinha tocado nela,
ela era intocável estava acima de mim ,
quase num pedestal
tentei agir normalmente perto dela,
mas ela me intimidava com aquele jeito que não sei explicar
tentei explicar meus sentimentos mas só sairam palavras idiotas
e com palavras idiotas recebi palavras tristes
fiquei tão confusa quando as ouvi
mas lá estava eu , dada as mãos com a garota que eu escolherá
ela olhando nos meus olhos e da sua linda boca saia aquelas palavras que funcionavam como rosas com espinhos
não podia ser verdade, aquilo não estava estragando de fato meu dia
mas estragou e eu lá , confusau
ma nuvem negra me conteve
e os brilhos nos meus olhos se apagaram,
vi então uma garota bonita até me dando as mãos
parecia até um daqueles encontros qualquer onde você vai, fingi que ama e vai embora
onde estava aquela menina que eu conheci?
meu dia perfeito se afundou completamente
e eu assumo que até me chatiei quando acordei daquele meu sonho ,
daquela minha epnose
seus olhos, sua pele, seu cabelo já não eram fonte de inspiração para mim ,
nada mais que era seu não servia de nada
começei a te despresar-te
querer só aquele momento e não uma vida
desejei outra pessoa, talvez uma garota bonita até me dando as mãos mas de sua boca dessa vez saia doces palavras.
me desculpa pierrot, e adeus.

Nenhum comentário:

Postar um comentário