segunda-feira, 21 de setembro de 2009

Quando amanhecer- parte III

Gabriela já estava começando a entrar em um estado de pânico, e o declínio da sua felicidade vinha à tona. A noite vinha chegando e Gabriela junto com ela , chegava em casa para descançar e curtir a tristeza de ser ignorada , sozinha. Estava passando mais um daqueles clássicos na TV , e Gabriela pegou no sono até às 2:00 horas da manhã. Seu celular toca, um número diferente na tela e deu em Gabriela aquela tensão e expectativa, foi quando ...
- oi !
- oi .
- o que foi gabi?
- Marcelo ! você me ignorou a tarde inteira , te liguei 9 vezes !
- desculpa ... estava no trabalho ...
- ta , e chegou essa hora?
- me desculpa ...
- não sei , mal nos conhecemos e tu já apronta essa
- eu vou te compensar ...
- ae mesmo? e como , posso saber?
- espera, tu vai ver. tchau
- tchau Marcelo.

Não deu 30 minutos e o interfone toca, era o porteiro... dizendo que tinha um garoto, falando que era o namorado dela... pedindo para subir. Gabriela numa explosão de susto misturado com felicidade disse que poderia mandar o tal namorado subir o apartamento a cima. A campainha toca, e garota vai até a porta e quando abre , ele, com um lindo bouquet de flores

- oi minha namorada. disse ele com um sorrizo

os dois se beijaram e entraram para o apartamento que pareceu pequeno naquele momento .

Nenhum comentário:

Postar um comentário