quarta-feira, 3 de fevereiro de 2010

Saia do armário.

Você some e aparece
Me aparece quando quer
e some sem ao menos se despedir
passo um tempo em abstinência a ti, querendo te encontrar, talvez
mas quando você aparece, te encontrei mais uma vez.

Você é um meio mistério
sua outra parte, tambem.
Mistérios que eu posso conhecer
se você permitir.
Sei apenas o que você quer que eu saiba de você
e eu gosto de você

Aparece em minha porta mais uma vez
com uma rosa em sua mão
e dizendo que não ve a hora de se ver em meu olhar
e ouvir eu te dizer mais uma vez, fique.

Nenhum comentário:

Postar um comentário