sábado, 24 de julho de 2010

aliança de tinho e tinha.

''Já faz uns anos que eu não permito que alguém chegasse tão próximo de mim
uns 16 anos na verdade
e então você chega tão próximo, no íntimo, que eu não pude te impedir, você ja estava ali, no meu dia a dia
na minha mente e coração, na minha família, na minha casa e na minha pele.
Nunca me senti tão amada por alguém.
Na minha casa, tu serás tratado como rei.
és nobre e digno de todo amor do mundo.
Bom de mais para mim, uma plebeia suja.
suja e louca, desregulada e impiedosa
somos como céu e mar, sol e lua e branco e preto
nesse nosso dançar de antónimos, nós viramos os mesmos
dancei contigo, a noite inteira no misturar de nossas cores
éramos mais bonitos que o luar e no amanhecer... você se foi
nunca deixei alguém partir assim, não querendo deixar. ''

Um comentário: