sábado, 6 de novembro de 2010

Veja dessa vez passarinho.

hoje eu perdi.
hoje deixei ir embora talvez a minha unica possibilidade de me equilibrar novamente
deixei vazar pelas estradas toda a ignorância que eu tive naquele tempo de escolha
e eu estaria melhor se o meu doce equilíbrio estivesse aqui
pois é para ele que eu corro toda vez que eu me resolvo me desapegar da minha fraqueza
era o meu equilíbrio, o meu pássaro e meu guia, como eu não pude perceber isso.
e agora o meu passarinho está voando, está voltando para casa e eu ja sinto sua falta.
me desculpe por minha ausencia e por estar dando preferência a fraqueza e a enganação, pura perca de tempo, e é por luxúria meu amor, por luxuria que me deixei levar pela fraqueza. Me perdoe por meu pouco caso, é assim que me defendo, mas nós dois sabemos que eu nunca precisei me defender de você, meu equilíbrio. Me desculpa ter escolhido a fraqueza em vez de você. Eu já sinto sua falta.

Nenhum comentário:

Postar um comentário